Hospital Estadual de Formosa amplia medidas para evitar acidentes com escorpiões

Cuidados devem ser redobrados no verão, período de maior risco de aparecimento do animal


Para alertar e prevenir acidentes com animais peçonhentos, o Hospital Estadual de Formosa (HEF), unidade da Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO), ampliou medidas de recomendação e capacitação para identificação, manejo e controle nos ambientes que são propícios a essa ocorrência. O período do verão, entre os meses de dezembro a março, exige maior cuidado em relação aos acidentes com escorpiões, pois o clima úmido e quente é ideal para o aparecimento destes animais.

Entre os meses de agosto, setembro e outubro, o HEF registrou mais de 70 atendimentos para pacientes que sofreram acidentes relacionados à picada de escorpiões. Em observação ao aumento de casos, a equipe de Segurança no Trabalho do hospital desenvolveu mais medidas de cuidados para prevenção com o objetivo de alertar a população e os colaboradores da unidade.

As principais medidas para evitar as ocorrências com escorpiões são: manter o ambiente limpo e organizado, evitar que lençóis e cobertas fiquem em contato com o chão, verificar calçados e roupas antes de usá-los e manter as lixeiras sempre fechadas. Também é recomendada a realização frequente da higiene e limpeza dos ambientes, uma vez que o lixo e os entulhos podem servir de abrigo e esconderijo para muitos destes animais. Essas orientações podem ajudar a diminuir o número de acidentes e, consequentemente, o índice de mortes em decorrência dessa causa.

"O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) repassa aos colaboradores as medidas preventivas sobre os animais peçonhentos, como os escorpiões. Isso é comunicado, de forma presencial, para cada setor através do Diálogo Diário de Segurança (DDS), que alerta sobre os riscos de acidente no ambiente de trabalho e as devidas prevenções necessárias", explica Thaimara Santos, técnica de segurança no trabalho do HEF. Essas medidas de orientação e cuidado também são repassadas em grupos de comunicação externos, por meio do aplicativo de mensagem, que fornecem informações de saúde à população da cidade de Formosa, interior do estado de Goiás. Também são enviadas orientações em grupos internos direcionados aos colaboradores da unidade hospitalar.

Para receber fazer parte deste grupo e passar a receber informações como essa e outras notícias, basta acessar pelo link https://chat.whatsapp.com/KIwfGVwmqTtHhpPlsrRuXp.

Sthefane Silva (texto) /Imed-HEF