HGG realiza Mutirão de Reconstrução Mamária durante Outubro Rosa

Procedimento, que faz parte do tratamento contra o câncer de mama, terá sido realizado em 15 pacientes até o fim deste mês 

Uma das ações para o Outubro Rosa realizadas no Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi – HGG é o Mutirão de Reconstrução Mamária. Até o final do mês, 15 pacientes, que já estão com as Autorizações de Internação Hospitalar (AIHs) liberadas, passarão pelo centro cirúrgico da unidade do Governo de Goiás para o procedimento. 

No HGG, o tratamento para o câncer de mama consiste na realização de mastectomia ou cirurgia conservadora. Em 90% dos casos, a reconstrução mamária é a associada aos procedimentos, mas os casos dessas pacientes são de reconstrução tardia, ou seja, feitas após o tratamento cirúrgico da doença.

De acordo com a médica chefe do Serviço de Mastologia do HGG, Érika Silva, a reconstrução é preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para mulheres com diagnóstico positivo para câncer de mama. “São pacientes que fizeram o procedimento cirúrgico para a retirada do tumor e, agora, passarão pela cirurgia de reconstrução. Quando ela é realizada, diminui muito as comorbidades e sintomas depressivos das pacientes", afirma.

O chefe do Serviço de Cirurgia Plástica do HGG, Sérgio Augusto enfatiza que a iniciativa do HGG atende mulheres que tiveram câncer de mama e que estão aguardando pela cirurgia reconstrutiva. “Esse tipo de tratamento é oferecido pelo SUS de forma gratuita em sua totalidade, desde a retirada do câncer até a reconstrução das mamas. O nosso objetivo é alcançar o maior número de mulheres,  para que elas procurem atendimento", explica o médico.

Flávia Rocha/Idtech


 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.