Governo de Goiás debate racismo e saúde das mulheres negras 

Mesa-redonda virtual a ser realizada nesta quarta-feira, pela SES, é aberta também à comunidade em geral, por meio do aplicativo Google Meet


O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), promove nesta quarta-feira, 1º de julho, das 14h às 16h, a mesa-redonda on-line “O racismo estrutural no SUS e a saúde das mulheres negras".  O debate virtual, aberto à participação de profissionais da área de saúde, representantes de entidades civis e da população em geral, integra o projeto Saúde e Equidade em Rede, desenvolvido pela Superintendência de Políticas sobre Drogas e Condições Sociais Vulneráveis da SES-GO, por meio da Coordenação de Promoção da Equidade em Saúde.

As pessoas interessadas em participar da mesa-redonda podem acessá-la por meio do Google Meet. Pelo computador, basta digitar o endereço https://meet.google.com/vmp-jdus-nki ou clicar diretamente no link (clique AQUI). Em celulares, é necessário fazer o download do aplicativo

Google Meet
A mesa-redonda virtual terá a participação de Luciene de Oliveira Dias, professora da Universidade Federal de Goiás e coordenadora do Grupo de Pesquisa em Narrativas das Diferenças; e Emanuelle Góes, doutora em saúde pública e pesquisadora associada da Universidade Federal da Bahia. A mediadora será Fabíola Rosa, subcoordenadora de Comunidades Tradicionais da Coordenação de Promoção da Equidade em Saúde da SES-GO.

SERVIÇO
Mesa-redonda “O racismo estrutural no SUS e a saúde das mulheres negras"
Data: quarta-feira, 1º de julho
Horário: 14h às 16h
Local: Google Meet (clique AQUI para acessar o link).

Maria Victória/Comunicação Setorial[
Foto: MEC