Serviços e depoimentos marcam aniversário do Credeq

Por causa da pandemia, unidade do Governo de Goiás não terá comemorações presenciais, mas destaca serviços oferecidos e depoimento de profissionais e pacientes, pelo 23 de junho

Atividades de esporte, educação e lazer fazem parte dos programas de reinserção promovidos pelo Credeq

O Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) – Prof. Jamil Issy), em Aparecida de Goiânia comemora mais uma aniversário de inauguração, no próximo dia 23 de junho, com cerca de 20,5 mil pessoas atendidas, das quais, pouco mais de 2,6 mil iniciaram o seu tratamento pelo setor de internação. Este ano, não haverá comemorações presenciais, por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Entretanto, a instituição estará disponibilizando em suas redes sociais, assim como em seu site, depoimentos de profissionais e pacientes, além de material sobre os seus diversos serviços oferecidos. O Credeq – Prof. Jamil Issy foi criado para prestar atendimento especializado e de reabilitação aos casos graves de dependência química (adicção). 

Além das ações de assistência aos usuários e às suas famílias, por meio de programas de reinserções familiar, econômica e social, realizam-se atividades para a qualificação de profissionais da saúde, por meio da Residência Médica e Pesquisa & Ensino, sobre a temática da dependência química. O Credeq – Prof. Jamil Issy é um espaço de saúde, portanto diagnostica, trata e realiza o acompanhamento longitudinal (curto e longo prazo) dos pacientes. 

Antedimentos
O protocolo terapêutico está alicerçado no atendimento médico (psiquiatra e clínico geral), multiprofissional (enfermeiros, técnicos em enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, educadores físicos, nutricionistas, farmacêuticos e musicoterapeutas) e psicoeducacional (desenvolvimento de habilidades sociais, psicológicas e emocionais por meio de três programas – Candeeiro/Comunicação Assertiva, Treinamento de Habilidades Sociais /THS e Prevenção de Recaídas/PR. 

Em ambos os tratamentos (internação ou ambulatorial), há necessidade de o paciente ter acompanhamento psiquiátrico, psicológico, da terapia ocupacional e do serviço social. No programa terapêutico do Credeq, as intervenções são múltiplas – ambulatorial, internação em leitos de saúde mental (desintoxicação e tratamento da abstinência física) e leitos de acolhimento em modelo residencial (reabilitação psicossocial). 

É importante frisar que tanto a arquitetura e a capacitação profissional quanto o protocolo terapêutico, o Credeq – Prof. Jamil Issy se assemelham às consagradas e particulares clínicas brasileiras de reabilitação de pessoas dependentes de substâncias psicoativas (DSP). A diferença é que o centro goiano é público e gerido por uma organização social, a Associação Comunidade Luz da Vida, fundada há 22 anos e com expertise em tratamento da dependência química masculina e feminina.  

Reinserção
Sem contar que, com a remodelação do seu Programa de Reinserção Social, agora com seis projetos, os pacientes do Credeq – Prof. Jamil Issy, que são os verdadeiros focos do tratamento, também contam com acompanhamento e o processo de reinserção familiar, social e mercadológica. 

O espaço de tratamento tem um total de 108 leitos, dos quais 96 para internação e 12 para a desintoxicação. Mensalmente, são realizados em torno de 3,3 mil no setor Ambulatorial/Multiprofissionais. Os leitos hospitalares estão distribuídos em 84 leitos para o público masculino e 24 para o feminino. 


Carla Monteiro (texto e fotos)/ Associação Comunidade Luz da Vida