Segurança do Paciente

A Segurança do Paciente e Controle de Infecção em Serviços de Saúde trabalha em conjunto com as demais áreas da Vigilância Sanitária visando sistematizar e difundir conhecimentos sobre Segurança do Paciente.

Dentre as prioridades da segurança do paciente está o assessoramento dos serviços de saúde de qualquer entidade mantenedora (público, privado, filantrópico, civil, militar, com ações de ensino e pesquisa) na implantação e implementação dos Núcleos de Segurança do Paciente (NSP), bem como das Comissões de Controle de Infecção em Serviços de Saúde (CCISS). A obrigatoriedade da implantação dos NSP e CCISS abrange todos hospitais, clínicas e serviços especializados em diagnóstico e tratamento, tais como serviços de diálise, endoscopia, radiodiagnóstico, medicina nuclear e radioterapia.

Além da prioridade acima citada, a Segurança do Paciente e Controle de Infecção em Serviços de Saúde desenvolve as seguintes ações:

  •  Medidas de Prevenção e Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IrAS);
  •  Implantação do Plano de Segurança do Paciente;        .
  •  Implantação do Plano de Segurança do Paciente;
  • Cadastramento dos serviços de saúde no sistema de notificação da ANVISA (NOTIVISA) e FORMSUS;
  • Notificação de eventos adversos, com atenção especial as IrAS, priorizando os serviços com UTI;
  • Orientar e promover a implantação das coordenações municipais de prevenção e controle de IrAS e NSP nos municípios do estado de Goiás;
  • Apoiar tecnicamente as coordenações municipais quanto à medidas de prevenção e controle de IrAS e Segurança do Paciente;
  • Gerenciar a notificação de evento adverso grave e óbito, bem como a investigação, inclusive in loco, se necessário;
  • Investigar denúncias, rumores de eventos adversos e surtos de IrAS, in loco, se necessário, para coleta de informações pertinentes ao caso, e oferecer pronta resposta aos órgãos competentes;
  • Estabelecer medidas específicas para enfrentamento de agravos emergentes e re-emergentes para a prevenção de eventos adversos e IrAS nos serviços de saúde do estado de Goiás;
  • Estabelecer medidas preventivas para evitar recorrência, disseminação ou propagação de eventos adversos e IrAS nos serviços de saúde do estado de Goiás;
  • Elaborar e enviar relatórios à ANVISA referentes aos eventos adversos e IrAS ocorridos no estado de Goiás;
  • Atender às solicitações definidas como prioritárias pela ANVISA relativas ao controle de IrAS e Segurança do Paciente;
  • Implantar e implementar a sub-rede analítica de resistência microbiana em serviços de saúde, em parceria com o LACEN e o municípios do estado de Goiás;
  • Promover a educação permanente em prevenção e controle de IrAS, bem com SP para os profissionais de saúde dos serviços de saúde, regionais de saúde e vigilâncias municipais do estado de Goiás.

Cadastro Notifisa e Formsus

Orientações e Legislação

Protocolos SP

Legislações Segurança do Paciente

Comissão de Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (CCIRAS)

Legislações CCIRAS

Cartazes de Higienização das Mãos

Manuais de Microbiologia em Serviços de Saúde

Manual de Limpeza e Desinfecção de Superfícies

Manuais Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde