Tétano

Descrição: Normalmente começa com espasmos brandos nos músculos maxilares (trismos), músculos do pescoço e da face. A rigidez rapidamente se espalha para os músculos do peito, das costas e do abdome e, por vezes, para os músculos da laringe (o que interfere com a respiração).

Causa: Doença causada pela toxina da bactéria Clostidium tetani que afeta o sistema nervoso central e que, por vezes, pode levar à morte.

Prevenção: É totalmente evitável com uma imunização antitetânica (vacina) ativa. As imunizações antitetânicas têm início na infância, com uma série de injeções da vacina tríplice ( difteria, coqueluche ou tosse comprida e tétano).

Sintomas: Espasmos e tensionamento do músculo mandibular; enrigecimento dos músculos do pescoço e outros; espasmo dos músculos do pescoço e outros; rigidez dos músculos torácicos; rigidez dos músculos abdominais (rigidez abdominal); espasmos e rigidez dos músculos das costas, freqüentemente causando dores (opistótonos); convulsões tetânicas (contrações musculares fortes e doloridas); irritabilidade; febre.

Tratamento: Controlar e reverter a tetania com o uso de antitoxinas; remover e destruir a fonte de toxina; tratar os sintomas com terapia de suporte.