LACEN-GO – Laboratório Estadual de Saúde Pública

Criado em 1947, o LACEN-GO é parte integrante do Sistema Nacional de Laboratórios de Saúde Pública (SISLAB), do Ministério da Saúde. Os laboratórios estaduais são os laboratórios de referência, responsáveis por coordenar a rede de laboratórios públicos e privados que realizam análises de interesse em saúde pública; encaminhar amostras ao laboratório de referência regional e/ou nacional; realizar o controle de qualidade analítica da rede estadual; realizar procedimentos laboratoriais de maior complexidade para complementação de diagnóstico; habilitar laboratórios para integrar a rede estadual de laboratórios; promover a capacitação de recursos humanos da rede de laboratórios; e disponibilizar aos gestores nacionais as informações relativas às atividades laboratoriais.

O Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros – LACEN-GO é uma Unidade de Referência Estadual juridicamente ligada à SES-GO para diagnóstico laboratorial e parte integrante do Sistema Nacional de Laboratórios de Saúde Pública – SISLAB. Como Laboratório de Referência Estadual coordena a Rede Estadual de Laboratórios, realiza procedimentos laboratoriais de média e alta complexidade para diagnóstico, controle e monitoramento das doenças e agravos de interesse da vigilância em saúde. Executa ensaios para avaliação de produtos e serviços sujeitos ao controle e fiscalização da vigilância sanitária e realiza ações laboratoriais no âmbito da vigilância ambiental. Leia mais...

Gestão da Qualidade

Sistema de Gestão da Qualidade do LACEN-GO visa o controle e a padronização dos processos a fim de obter melhoria continua na prestação de serviços e eficiência no desempenho das ações relativas à vigilância em saúde por meio da investigação laboratorial em saúde pública e das Boas Práticas Laboratoriais. Conduz as atividades de acordo com princípios éticos, resoluções e normas, garantindo a confiabilidade, rastreabilidade e qualidade nos resultados. Tem como base a Norma ABNT NBR ISO/IEC 17025/2005 – Requisitos Gerais para a Competência de Laboratórios de Ensaios e Calibração e de forma complementar a Boas Praticas para Laboratórios Nacionais de Controle Farmacêutico – relatório 44 Anexo1 /OPAS e outras legislações vigentes aplicáveis às suas atividades. O sistema de Gestão da Qualidade tem como meta obter a Acreditação, que é o reconhecimento formal externo e a satisfação dos clientes e parceiros.

Image
Image

Outras Informações

Divisões e Análises

Divisão de Biologia Médica

Produção Analítica da Divisão de Biologia Médica

2015

2016

2017

 

149.506

134.037

130.142

 

Divisão de Produtos

 Produção Analítica da Divisão de Produtos 

2015

2016

2017

 

234.454

128.946

79.912

 

*Fonte: Qualidade Lacen

Biossegurança

Biologia Médica

Responsável pela realização de diagnósticos laboratoriais de doenças e/ou agravos de notificação compulsória, considerados estratégicos para Vigilância em Saúde, tais como: Coqueluche; Cólera e outras enterobactérias; Dengue; Zika; Chikungunya; Febre Amarela; Mayaro; Difteria; Doença de Chagas; Doenças exantemáticas; DST/AIDS; Esquistossomose; Febre tifoide; Hanseníase; Hantaviros; Hepatites virais; Influenza; Leishmaniose; Leptospirose; Malária; Meningites; Tuberculose; Vigilância sindrômica (doenças íctero-febril e hemorrágicas); Vírus respiratórios; dentre outros. Executa, também, procedimentos laboratoriais de maior complexidade por meio da técnica de Biologia Molecular para diagnósticos e monitoramento das DST/AIDS, hepatites virais, arbovírus e influenza.

No rol de atividades que executa estão os ensaios/exames de interesse em saúde pública, como as doenças oportunistas causadas por vírus ou fungos; o monitoramento de bactérias multirresistente; dosagem de colinesterases para a vigilância da saúde do trabalhador; controle de qualidade dos diagnósticos descentralizados e capacitação de recursos humanos para as ações laboratoriais; fornecimento de dados às vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental para predição de riscos e prevenção da ocorrência de doenças transmitidas por vetores, hospedeiros, reservatórios e animais peçonhentos -participando da definição das estratégias de controle, monitoramento e avaliação dessas medidas –  e a realização de exames de vínculo genético, cariótipo de sangue periférico e de medula óssea e aconselhamento genético.

Seções

Bacteriologia

Robmary Matias de Almeida 
E-mail:  lacengo.bacteriologia@gmail.com
Telefone: (62) 3201-9630

O que é:
A Seção de Bacteriologia é a parte da Divisão de Biologia Médica responsável pelo diagnóstico laboratorial de   agravos cujos agentes etiológicos são bactérias.  O diagnóstico é realizado a partir de uma diversidade de amostras biológicas, como urina, sangue, fezes, secreções, líquidos corporais, ponta de cateter, etc., utilizando diferentes metodologias.

Trabalha em parceria com as Vigilâncias Municipal e Estadual do Estado de Goiás em diagnóstico de doenças de notificação compulsória (portaria 204 de 17/fevereiro 2016), como cólera, coqueluche, difteria, doença meningocócica, meningites bacterianas, e em investigação de surtos por Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) e infecção hospitalar relacionada à assistência a saúde – Iras. Realiza capacitações teóricas em coleta, semeadura, transporte e armazenamento de amostras biológicas, como também capacitação teórica/prática em diagnóstico laboratorial das meningites bacterianas, quando solicitado e supervisiona laboratórios locais que realizam diagnósticos bacteriológicos.

Importância:

A identificação do agente causal bem como a realização do teste de sensibilidade, além de nortear o profissional no tratamento do agravo, desencadeia ações de relevância na saúde pública, como a contenção de surto e desenvolvimento e implantação de vacinas na rede pública.

Procedimentos:

Sobre o Agravo
Procedimento
Cadastro no Sistema GAL
Fichas de notificação/ Fromulários específicos
Prazo Médio de Liberação
Instrução de coleta e transporte de amostra
Amostra
Nome da pesquisa
 
Cultura: Abscessos (lesões fechadas)
Abscessos
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
somente pedido médico
7 dias
 
Conjutivite Bacteriana
Swab Ocular
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
7 dias
 
Coqueluche
Swab Nasofaringe
Coqueluche, cultura
10 dias
 
Difteria
Swab Naso-Orofaringe
Difteria, cultura
15 dias
 
Cultura: Feridas(Cirurgicas, Morderuas de animais, Queimaduras. Lacerações, Escaras Úlceras e Biopsias)
Nome da Amostra
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Fezes
Fezes
Cultura de Bactéria (Fezes)
Quando for Surto por DTA ou DDA
7 dias
 
Cultura: Lavado Bronco-Alveolar
Lavado Brônquico Aveolar
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Meningite
Líquor
Cultura de Bactéria (líquor)
7 dia
 
Meningite
sangue
Cultura de Bactéria (sangue)
7 dia
 
Meningite, Prova do latex
Líquor
Meningite, Prova do Latex
1 dia
 
Cultura: Nasofaringe (secreção)
Secreção de Nasofaringe
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Ponta de Cateter
Ponta de Cateter
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Sangue
Sangue
Cultura de Bactéria (sangue)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Secreção Ocular
Secerção Ocular
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Secreção de Orofaringe
Secreção de Orofaringea
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Secreção de Ouvido
Secreção
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Secreção Vaginal
Secreção Vaginal
Cultura de Bactéria (Mat. Biológico)
Somente pedido médico
7 dias
 
Cultura: Urina
Urina
Cultura de Bactéria (Urina)
Somente pedido médico
7 dias

 

Biologia Molecular
Citogenética Molecular
Entomologia
Gerenciamento de Amostras Biológicas
Imunoparasitologia
Micobactérias
Micologia
Virologia

Produtos e Ambiente

A área de Produtos e Ambiente do LACEN-GO conta com serviços especializados e diferenciados no monitoramento da qualidade de produtos sujeitos ao controle sanitário e ambiental. O monitoramento apresenta-se como um instrumento valioso nas ações de vigilância sanitária para identificar risco iminente de agravos e para garantia da qualidade de produtos que devem ser objeto de verificações periódicas das características originais averbadas no registro. Por meio de análises laboratoriais monitora a qualidade de alimentos, águas, medicamentos, cosméticos, saneantes eoutros produtos sujeitos à vigilância sanitária, ambiental e à saúde do trabalhador.

Os ensaios de monitoramento da qualidade realizados na área de Produtos e Ambiente têm por objetivo avaliar as características físico-químicas, toxicológicas, microscópicas e microbiológicas de produtos acabados. A verificação da conformidade das especificações deve ser vista como um requisito necessário para a garantia da qualidade, segurança e eficácia do produto. Em razão de suas características, da sua inserção em campo de conflito e muito além de uma exigência regulatória, o monitoramento da qualidade dos produtos sujeitos ao controle sanitário reflete o poder do sistema de vigilância sanitária de promover a proteção e melhoria da qualidade de vida e saúde da população.

Seções

Análise de Água
Físico Química de Alimentos
Gerenciamento de Amostras de Produtos
Medicamento de Cosméticos e Saneantes - Produtos para Saúde
Microbiologia de Alimentos
Microbiologia de Alimentos e Rotulagem
Toxicologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.