Procure o serviço que você precisa:
Quarta, 23 de agosto de 2017

Últimas Notícias

Encontro conscientiza população para redução dos acidentes de trânsito

20/04/2017
Encontro conscientiza população para redução dos acidentes de trânsito

O 2º Encontro de Prevenção de Acidentes de Trânsito que aconteceu no Hotel Umuarama, no dia 19 deste mês, foi uma prévia para as ações que vão ocorrer em todo Estado em celebração ao Maio Amarelo (mês de luta contra acidentes de trânsito).

Para se ter uma ideia da importância de um trânsito consciente, o Governo do Estado gastou, só no ano passado, cerca de R$ 100 milhões no atendimento à saúde das vítimas de acidentes de trânsito ocorridos nas cidades e rodovias que cortam o território goiano.

A dimensão do problema assume contornos ainda maiores quando se leva em consideração os investimentos destinados ao pagamento de aposentadorias precoces, auxílios-doença e pensões, sem contar com a imensurável dor causada às famílias das vítimas.

De acordo com levantamentos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), foram gastos em Goiás no ano de 2014 mais de R$ 930 milhões na assistência à saúde e na concessão de benefícios previdenciários às pessoas que contraíram sequelas e familiares das vítimas mortas em desastres em todo o País.

A violência no trânsito tem sido tão grave que a questão assumiu ares de epidemia. No Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), por exemplo, 80% dos pacientes atendidos diariamente são provenientes dos desastres nas ruas, avenidas e rodovias.

Na tentativa de chamar a atenção de toda a população para a adoção de condutas que diminuam os acidentes de trânsito, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, com o apoio de instituições parceiras realizou o 2º Encontro de Prevenção de Acidentes de Trânsito.

Na abertura do evento foi lançada a campanha Maio Amarelo, na qual será realizada uma série de ações voltadas à conscientização para um trânsito mais seguro.

A solenidade de abertura do encontro contou com a participação do secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela; do coordenador-geral do Programa Educando e Valorizando a Vida da Universidade Estadual de Goiás, Hugo Paraguassu Serradourada; do prefeito de São Miguel do Araguaia, Nélio Pontes, que representou a Federação Goiana dos Municípios; do presidente do Conselho Estadual de Trânsito do Estado de Goiás, Horácio Santos, e do secretário Municipal de Trânsito de Goiânia, Felisberto Tavares.

Em pronunciamento, Leonardo Vilela destacou a importância de envolvimento dos representantes dos órgãos públicos, entidades e população em geral para atenuar a violência no trânsito. “Além de consumir recursos dos tesouros estadual e municipal, os acidentes de trânsito causam mortes, enorme sofrimento às vítimas com sequelas e aos familiares que perdem entes queridos”, pontua Leonardo Vilela.

A coordenadora de Violências e Acidentes da Superintendência de Vigilância em Saúde da SES-GO, Maria de Fátima Rodrigues, destacou que o evento tem o propósito de estimular as instituições e entidades das áreas de saúde, trânsito e educação e os gestores dos municípios a aderir ao Movimento Maio Amarelo. De acordo com os dados da SES-GO, 42 municípios são elencados por terem altas taxas de acidentes e mortes no trânsito e por terem a gestão municipal do trânsito.

Em Goiânia, particularmente, o Movimento Maio Amarelo terá como foco a campanha para arrecadação de cadeirinhas, bebês confortos e assentos de elevação, entre outros equipamentos de segurança para crianças. Tais itens, conforme Maria de Fátima, serão doados para gestantes e mães carentes para a prevenção de lesões em bebês e crianças decorrentes dos desastres no trânsito.

Recomendar

//-->