Teclas de Atalho

[Alt] + [Shift] + 1em qualquer página do portal, leva diretamente ao começo do conteúdo principal da página.

[Alt] + [Shift] + 2em qualquer página do portal, leva diretamente ao início do menu principal.

[Alt] + [Shift] + 3em qualquer página do portal, leva diretamente ao rodapé da página.

[Alt] + [Shift] + cativa o contraste

[Alt] + [Shift] + aaumenta o tamanho da fonte

[Alt] + [Shift] + ddiminui o tamanho da fonte

[Alt] + [Shift] + rredefine o tamanho da fonte para padrão

Notícias

Secretário Leonardo Vilela lança planejamento estratégico de unidades geridas pela Agir

Organização social que administra Crer, HDS e Hugol mudou conceito de saúde pública no Estado, tornando as unidades mais eficientes

Um Sistema Único de Saúde (SUS) inclusivo, resolutivo e com a finalidade de aperfeiçoar os mecanismos de gestão. Esta premissa foi defendida pelo secretário de Estado da Saúde de Goiás, Leonardo Vilela, na manhã desta terça-feira, 9 de janeiro, juntamente com a organização social AGIR – Associação Goiana de Integralização e Reabilitação. Na ocasião, foi lançado o Planejamento Estratégico para o biênio de 2018 – 2019 da organização social e das unidades estaduais de saúde que estão sob sua gestão, o Centro Estadual  de Readaptação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer), Hospital Estadual  de Dermatologia Sanitária e Reabilitação Santa Marta; (HDS) e Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

Leonardo Vilela, que representou o governador Marconi Perillo na solenidade, ressaltou em seu discurso que “a responsabilidade da Agir é muito grande, porque ela, com todos os seus colaboradores, foi quem promoveu uma mudança no conceito da saúde pública de Goiás, que passou a ter qualidade e que nada fica devendo à saúde prestada pelos hospitais privados e filantrópicos. Em muitos casos, conforme o secretário, as unidades públicas ultrapassam esse nível. “Capitaneados pela Agir, que acaba sendo uma referência para as demais organizações sociais, nós temos hoje uma saúde pública que é referência para o Brasil inteiro. É isso que a sociedade goiana espera de nós.”

O superintendente executivo da Agir, Sérgio Daher, explanou que “ao lançar o Planejamento Estratégico da organização social e unidades para o biênio 2018 – 2019, a organização social reafirma o compromisso em aprimorar as boas práticas de gestão, intensificar o cumprimento das normas estabelecidas pelas instituições reguladoras, promover ensino e pesquisa e zelar pelos valores universais do SUS. “Estamos diante de mais uma grande oportunidade de melhoria e otimização dos nossos processos com reflexos diretos na valorização do ser humano e, em especial, dos nossos pacientes enquanto cerne da nossa existência.”

Para a construção do Planejamento Estratégico, a Agir contou com a parceria da MB Consultoria, que apoiou as unidades na elaboração da identidade organizacional e do mapa estratégico. Marx Alexandre Gabriel, diretor da empresa de consultoria, narrou que o planejamento foi fundamentado nos conceitos do Balanced Scorecard (BSC) dos autores Kaplan e Norton e nas Cinco Forças Competitivas de Porter, que são as principais metodologias para a gestão de objetivos estratégicos na atualidade. “Para a construção do Planejamento Estratégico, a Agir e os colaboradores do Crer, HDS e Hugol se mostraram comprometidos e engajados, apresentando um altíssimo grau de qualidade em seus indicadores.  Sem dúvida, a Agir, enquanto administradora desses hospitais, está um passo à frente na gestão de hospitais públicos no Estado.”

 

Identidade organizacional

A identidade organizacional é o que norteia a instituição sobre sua razão de ser, aonde quer chegar e quais são suas bases para alcançar esses objetivos. “A metodologia aplicada nos permitiu reformular as identidades organizacionais, com conceitos de missão, visão e valores, além de traçar objetivos, metas e indicadores orientados à missão da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, e aos contratos praticados e que certamente nos conduzirão ainda mais longe, com segurança, foco, interatividade e respeito às políticas públicas”, explica Sérgio Daher.

Conforme o termo de compromisso de execução pactuado entre a organização social e a SES-GO, assinado pela superintendência executiva da Agir, diretores das unidades e pelo secretário Leonardo Vilela, as identidades organizacionais são: Agir – “Promover soluções em gestão e gerenciamento para o setor de saúde” para “ser referência nacional em gestão de saúde” com “pioneirismo, humanização, inovação, comprometimento, competência, transparência e ética”; Crer – “Oferecer assistência à saúde da pessoa com deficiência, fundamentada no ensino e pesquisa” para “ser referência nacional em reabilitação com gestão sustentável” com “competência, responsabilidade, ética e renovação; HDS – “Oferecer assistência ambulatorial especializada aos usuários do SUS e assistência integral aos pacientes residentes” para “ser reconhecido como uma unidade de referência estadual em atenção humanizada ao idoso e às pessoas com doenças crônicas”, com “ética, humanização, responsabilidade, transparência e qualidade”.

Já a identidade funcional do Hugol é “oferecer assistência humanizada e de referência em urgência e emergência aos usuários do SUS, fundamentada no ensino e pesquisa” para “ser reconhecido nacionalmente no atendimento em urgência e emergência de média e alta complexidade”, com “humanização, transparência, responsabilidade, ética, inovação e qualidade”.

 

Qualidade

O superintendente executivo da Agir explicou ainda que “os hospitais estaduais geridos pela organização social se destacam por oferecer um elevado padrão de atendimento à população. Os avanços constantes são provenientes de práticas modernas de gestão e investimentos em ferramentas com foco em qualidade. Somos case de sucesso no âmbito nacional, nos processos de acreditação ONA, certificação ISO e implementação da metodologia Lean”.

De acordo com o secretário Leonardo Vilela, os resultados apresentados pelo Hugol, no que tange à implementação da metodologia Lean, foram os melhores dentre as demais unidades participantes do projeto. “Mais recentemente, nós vimos que a Agir não tem se contentado em aceitar aquele patamar que já atingiu, procurando um aperfeiçoamento contínuo. Em São Paulo, no Hospital Sírio-Libanês, pudemos acompanhar a apresentação dos resultados da metodologia Lean no Hugol, indubitavelmente os melhores resultados. Isso me deixa feliz e consciente de que estamos no caminho certo”, conclui Leonardo Vilela.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!