Procure o serviço que você precisa:
Quarta, 23 de agosto de 2017
Regionais de Saúde

Com base nos Princípios Organizacionais do SUS – Regionalização e Descentralização – e no papel preponderante de coordenador do SUS Estadual é que a SES-GO define uma territorialização imparcial, justa e resolutiva, descentralizando parte de suas atribuições para unidades administrativas desconcentradas, chamadas de Regionais de Saúde, responsáveis por uma determinada região, que têm como pressuposto imprimir eficiência e efetividade à descentralização do sistema e serviços de saúde, promovendo a articulação e a otimização da oferta e do acesso às ações e serviços de saúde de forma resolutiva e equânime.

Assim, constituídas dentro de uma ótica sanitária, onde a totalidade ou quase totalidade das necessidades de saúde da população regional seja resolvida, o Estado de Goiás instituiu 5 Macrorregiões de Saúde, que totalizam 18 Regiões de Saúde.

Para garantir o desempenho eficaz e eficiente das funções gestoras do Sistema Único de Saúde - SUS em seu território, o Estado de Goiás optou por implantar unidades desconcentradas, corroborando, na organização administrativa, com o princípio da descentralização deste sistema através da regionalização.

Essas unidades são constituídas por coordenações que desempenham as funções das diversas Superintendências da SES-GO no território: Apoio Administrativo, Atenção à Saúde, Controle, Avaliação e Regulação, Informação em Saúde, Planejamento e Gestão, Vigilância em Saúde.

As unidades são nominadas pela denominação da região de saúde acrescida do nome do município onde se localiza sua sede.

Diagnóstico das Regionais de Saúde

Gerência das Regionais de Saúde e Núcleos de apoio

//-->