Teclas de Atalho

[Alt] + [Shift] + 1em qualquer página do portal, leva diretamente ao começo do conteúdo principal da página.

[Alt] + [Shift] + 2em qualquer página do portal, leva diretamente ao início do menu principal.

[Alt] + [Shift] + 3em qualquer página do portal, leva diretamente ao rodapé da página.

[Alt] + [Shift] + cativa o contraste

[Alt] + [Shift] + aaumenta o tamanho da fonte

[Alt] + [Shift] + ddiminui o tamanho da fonte

[Alt] + [Shift] + rredefine o tamanho da fonte para padrão

Notícias

HDT promove primeira edição do projeto cultural

Dupla sertaneja Diego e Leonardo comandaram a abertura do HDT Cultural, que será realizado em edições mensais na unidade da SES-GO

Na manhã de segunda feira, 9, os corredores silenciosos do Hospital Estadual de Doenças Tropicais dr. Anuar Auad (HDT) foram tomados pela música sertaneja. Os pacientes e colaboradores da unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) foram prestigiados com apresentação de Diego e Leonardo. A dupla comandou a abertura do mais novo projeto do hospital, o HDT Cultural, que tem como objetivo realizar ações culturais mensais e, dessa forma, reforçar ainda mais a humanização no tratamento dos pacientes.

Cabeça balançando, ponta do pé batendo conforme a música e letras na ponta da língua. Esse era o clima entre pacientes e acompanhantes, durante apresentação da dupla sertaneja, na área comum externa da Ala C. “É com imenso prazer que aceitamos participar desse projeto, e a nossa ideia era trazer um pouco de alegria para o ambiente, mas não imaginávamos que sairíamos daqui com a energia renovada e muito mais felizes”, disse Leonardo.

Em seguida, os cantores se apresentaram, na área externa em frente ao refeitório do hospital, para os colaboradores. A auxiliar da farmácia Rosangela Porfirio parabenizou a iniciativa do projeto e destacou a importância de ações como essa. “O hospital não necessariamente precisa ser um ambiente de tristeza, é um lugar que oferece cuidado, precisamos trazer alegria também, e momentos como esse revigoram nossa energia e a gente acaba voltando ao trabalho bem mais animados.”

O diretor-geral do HDT, Roger Moreira, destaca que, por meio do projeto, a unidade buscará realizar atividades culturais favorecendo a interação e descontração entre as pessoas internadas. “O HDT possui um perfil de tratamento mais prolongado e esse tipo de ação é importante para que o paciente se sinta acolhido pelo hospital.”

 

Patrícia Borges (texto e foto), do ISG