Teclas de Atalho

[Alt] + [Shift] + 1em qualquer página do portal, leva diretamente ao começo do conteúdo principal da página.

[Alt] + [Shift] + 2em qualquer página do portal, leva diretamente ao início do menu principal.

[Alt] + [Shift] + 3em qualquer página do portal, leva diretamente ao rodapé da página.

[Alt] + [Shift] + cativa o contraste

[Alt] + [Shift] + aaumenta o tamanho da fonte

[Alt] + [Shift] + ddiminui o tamanho da fonte

[Alt] + [Shift] + rredefine o tamanho da fonte para padrão

CRER – Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo

Diretoria

  • Diretor Geral: Dr. Válney Luis da Rocha


    62 3232-3031
  • Diretor Técnico: Dr. João Alírio Teixeira da Silva Júnior


    62 3232-3032
  • Diretora Multiprofissional de Reabilitação: Sônia Helena Adorno de Paiva


    62 3232-3026
  • Diretora Administrativa e Financeira: Viviane Tavares Ferreira


    62 3232-3040

Localização

 Av. Ver. José Monteiro, 1655 – Setor Negrão de Lima, Goiânia – GO, 74653-230

Visualizar no mapa

Prestação de Contas

Acesse aqui

O Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo – CRER, unidade da SES-GO, é um moderno complexo hospitalar que atende, especialmente, o grande incapacitado, exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde – SUS. O hospital é reconhecido pelo Ministério da Saúde como Centro Especializado em Reabilitação (CER) IV, por sua atuação na reabilitação de pessoas com deficiência física, auditiva, visual e intelectual.

Fundado no dia 25 de setembro de 2002, o CRER é o primeiro hospital de reabilitação do País e o primeiro hospital público do Centro-Oeste com o certificado de Acreditado com Excelência – Nível 3 da Organização Nacional de Acreditação (ONA).

Sob a gestão da Associação Goiana de Integralização e Reabilitação – AGIR, desde sua fundação, o CRER foi idealizado tendo por base o modelo adotado pelo Instituto de Readaptação Gingras – Lindsay de Montreal (IRGLM), Canadá.

Informações

Serviços

  • O CRER conta com uma Oficina Ortopédica de 1.350m², única no Estado de Goiás que oferece serviço integral pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2003, a Oficina produz, sob prescrição médica, órteses, próteses, coletes, sapataria ortopédica e adequação postural em cadeira de rodas.

    O trabalho é realizado por uma equipe multiprofissional capacitada, formada por técnicos ortopédicos, auxiliares de órteses, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, equipe administrativa e de atendimento na recepção. A oficina também possui um profissional atestado pela Associação Brasileira de Ortopedia Técnica (ABOTEC).

    Produtos:
    – Órteses
    – Próteses
    – Coletes
    – Sapataria Ortopédica e;
    – Adequação Postural em Cadeira de Rodas

     

    Agenda Oficina Itinerante – Avaliação

  • Em funcionamento desde agosto de 2017, a Oficina Ortopédica Itinerante Terrestre do CRER é a única unidade móvel em operação no Centro-Oeste brasileiro. A unidade percorre os municípios goianos levando atendimento à população.

    O trabalho da Oficina Itinerante é feito a bordo de um caminhão adaptado para a produção de órteses, próteses, coletes ortopédicos, palmilhas, calçados para pés neuropáticos, confecção de adaptações, ajustes e alguns consertos em dispositivos ortopédicos já utilizados pela população.

    A Oficina faz parte do programa “Viver sem Limites”, do Ministério da Saúde, em parceria com a Secretaria de Saúde de Goiás. A unidade móvel é gerida pelo CRER pelo fato do hospital já possuir uma Oficina Ortopédica fixa habilitada pelo Ministério da Saúde. Todo o atendimento realizado no caminhão é gratuito, pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

  • Os atendimentos multiprofissionais no CRER são nas especialidades de: Arteterapia, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Fonoterapia, Musicoterapia, Nutrição, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional.

  • Para os pacientes que necessitam de tratamento prolongado, o CRER oferece atendimento domiciliar e assistência no ambiente do lar. O programa “Crer em Casa” é indicado àqueles com demandas clínicas, mas que não têm indicação de internação hospitalar, uma vez que o tratamento pode ser conduzido em casa.

    O serviço conta com uma equipe multidisciplinar, formada por enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas e fonoaudiólogos. As visitas são realizadas de 2 a 3 vezes por semana, de acordo com cada paciente.

    Com o “Crer em Casa”, o paciente tem significativa redução do risco de complicações decorrentes de longa internação, como infecção hospitalar, por exemplo. Além disso, a desospitalização é uma das formas de humanizar a recuperação do paciente. O mesmo vai prosseguir o tratamento com apoio emocional e psicológico direto da família e acompanhamento profissional.

     

Programas

  • É missão do CRER, desde sua fundação, oferecer excelência no atendimento à pessoa com deficiência, fundamentado no ensino e pesquisa. Como reconhecimento deste trabalho, a instituição foi certificada como Hospital de Ensino pelos Ministérios da Saúde e Educação em agosto de 2014, conforme portaria nº 1.687.

    São modalidades de ensino e pesquisa no CRER:
    Visita Técnica
    Voltada para conhecimento e divulgação das práticas institucionais, a Visita Técnica tem caráter observacional e pode ser realizada nas diversas áreas do CRER por quaisquer interessados, mediante prévia solicitação. Para tal, será necessária apresentação de documentos de identidade e registro profissional, caso tenha.

    Pesquisa
    Esta modalidade é direcionada aos pesquisadores e seus colaboradores que realizam coleta de dados no CRER. Após aprovação e anuência das comissões, gestores e diretoria, as pesquisas, de acordo com o cronograma avaliado, poderão ser realizadas desde que os envolvidos estejam devidamente cadastrados na instituição como pesquisadores e obedeçam às normas éticas e de segurança dos pacientes.

    Estágios Eletivos
    Voltado para estudantes de graduação e pós-graduação essa modalidade de estágio tem caráter observacional e teórico-prático. O interessado deve estar vinculado a instituição de ensino e enviar para o CRER junto com a solicitação a carta de apresentação da universidade que inclua o número da apólice de seguro.

    Estágio Curricular
    Voltado para estudantes de graduação e pós-graduação, essa modalidade de estágio tem caráter prático e teórico-prático com acompanhamento direto de um supervisor de estágio nomeado pela universidade/instituição de ensino de origem. As vagas de estágio são distribuídas anualmente a partir do quantitativo de vagas disponibilizados para Secretaria de Estado da Saúde e distribuído entre as universidades interessadas, sendo a prioridade para as universidades públicas, seguidas das filantrópicas.

    Rodízio de Residência Médica e Multiprofissional
    Tanto os programas de residência médica quanto os de residência multiprofissional preveem o rodízio de até dois meses em instituições distintas das de origem a fim de complementar a formação do residente.
    Os residentes que têm interesse em realizar o rodízio nas áreas que o CRER oferece devem fazer uma solicitação por e-mail que será encaminhada ao tutor/supervisor do programa para avaliação. As atividades têm caráter teórico-prático e prático.

    Residência Multiprofissional
    A residência é destinada a profissionais de saúde graduados nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia e enfermagem, selecionados pela Secretaria de Estado da Saúde em processo seletivo próprio. Os profissionais recebem bolsa para exercer atividades práticas e teóricas dentro da instituição, vinculados a um programa dos ministérios da saúde e educação. A especialização é em Saúde Funcional e Reabilitação, tem duração de 2 anos e as atividades são teóricas e práticas.

    Residência Médica
    Voltada para médicos em processo de especialização, a modalidade tem seleção realizada pela Secretaria de Estado da Saúde em processo seletivo próprio. Os profissionais recebem bolsa, custeada pelo CRER, para exercer atividades práticas e teóricas dentro da instituição, vinculados a um programa dos Ministérios da Saúde e Educação. As especialidades oferecidas pelo CRER são: Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Medicina Física e Reabilitação, Anestesiologia e Otorrinolaringologia.

    Treinamento Avançado em Medicina 2019
    A atividade tem como objetivo formar profissionais que já concluíram o programa de residência médica e que desejam fazer a subespecialidade. O ingresso ao programa de Treinamento Avançado (TAV) se dá por processo seletivo próprio ou em parceria com outras instituições e os médicos em treinamento avançada exercerão atividades teóricas e práticas na instituição por um período de 12 a 24 meses. Esta atividade não prevê o pagamento de bolsa.

    O Centro de Estudos é a estrutura responsável por todas essas modalidades de ensino e pesquisa no CRER. Para mais informações entre em contato por meio dos canais de atendimento.
    Telefone: (62) 3232.3115
    E-mail: cene@crer.org.br
    Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira, das 07h às 19h

     

Informações para familiares e amigos de pacientes

  • – É permitida a presença de apenas um cuidador (maior de 18 anos e em boas condições de saúde) por turno, para cada paciente.

    – Em caso de necessidade de revezamento de cuidador, este deverá acontecer nos horários: de 7h às 8h, de 13h às 14h e de 19h às 20h. Troca de acompanhantes em outros horários apenas com autorização previa do Serviço Social e/ou Enfermagem.

    – VISITAS: Não é permitida a entrada de menores de 12 anos para visitas. Visitantes menores de 12 anos terão acesso mediante autorização, por escrito, do serviço de psicologia.

    – Só é permitida a entrada de 2 pessoas simultaneamente para cada paciente, sendo o limite máximo de 04 pessoas por paciente. O visitante deverá apresentar documento de identidade com foto (CNH, RG, PASSAPORTE, CARTEIRA DE TRABALHO, REGISTRO PROFISSIONAL) para ter acesso ao setor de internação.

    Os horários de visita na enfermaria são:
    – 19h às 20h30 de segunda a sexta-feira
    – 15h às 18h aos sábados, domingos e feriados.

    – Na UTI, é permitida a entrada de apenas 02 visitas por dia para cada paciente. As visitas acontecem TODOS OS DIAS com início às 15:30  e com duração de 30 minutos, podendo haver atrasos neste horário, caso seja necessário algum procedimento em qualquer paciente no momento da visita.

    – Os cursos e reuniões com a equipe multidisciplinar fazem parte do tratamento e a presença é obrigatória.

    – Para o deslocamento de paciente do quarto, a equipe de enfermagem deve ser avisada. A presença do paciente no quarto nos horários das dietas, dos medicamentos e dos procedimentos programados é muito importante. Os atrasos podem prejudicar seu tratamento, ocasionar o recolhimento dos alimentos e a não administração dos medicamentos.

    – Por medida de segurança, após as 20h30 não é permitida a saída das dependências do Setor de Internação, dos pacientes e cuidadores que permanecerem para o turno da noite. É proibida a circulação de pacientes no estacionamento em qualquer horário. A circulação dos pacientes na instituição é permitida apenas para terapias e realização de exames/consultas.

    – Todos os aparelhos eletrônicos e/ou sonoros deverão ser desligados às 22h, para que todos possam descansar. Faça silêncio, respeite o colega de quarto. Use fone de ouvido para ouvir música.

    – As refeições serão servidas também aos acompanhantes quando o paciente for menor de 18 anos ou maior de 60 anos, bem como para aqueles que estiverem em reabilitação ou em tratamento clínico (normas do SUS).

    – Obedeça a dieta que lhe é oferecida. A entrada de alimentos é permitida apenas com a autorização, por escrito, do nutricionista. É proibido alimentação nos corredores, recepção, ginásios entre outros. A alimentação de acompanhantes deve ser feita somente nos quartos. Evite armazenar excesso de alimentos no frigobar e colabore com a limpeza regularmente, a fim de evitar a proliferação de vetores que, poderão ocasionar danos a saúde.